XXII Convenção Nacional da Soamar

SOAMARINOS SE REUNEM EM FLORIANOPOLIS

nov / 2018

Israel Blajberg  (*)

 

FLORIANOPOLIS recebeu  Soamarinos de todo Brasil para mais uma Convenção Nacional, desta vez no âmbito do 5º. Distrito Naval, o Guardião dos Mares do Sul, sediado em Rio Grande, terra de Tamandaré e Marcilio Dias.  Palestras, proposições, programação social, de tudo um pouco muito bem dosado em apenas  4 dias de um feriado prolongado que deixou saudades.

Ouvindo as palestras sobre a Marinha do Brasil e seus projetos, concluímos quão acertadas foram as previsões de Stefan Zweig, ao escrever em 1941 Brasil Pais do Futuro, perspectiva admirável das potencialidades nacionais, que hoje se revelam em toda sua plenitude.

Há 40 anos nascia a idéia pioneira. Fruto do descortino do saudoso Almirante Maximiano, hoje nosso Patrono, em cujo aniversário 06 de novembro se comemora o Dia Nacional do Amigo da Marinha. Mais de 50 cidades sediam as Sociedades de Amigos, tornando realidade o sonho do antigo Ministro, de reunir formadores de opinião de todos os segmentos da sociedade, cientes da importância do Poder Naval para o Brasil, e aptos a fomentar a idéia junto a sociedade civil.A convenção de Florianopolis vem pois reafirmar a importância de possuirmos uma Marinha forte, garantindo a Amazônia Azul, o pré-sal, e as riquezas que vem do mar.

Nas palavras do Comandante, Almirante LEAL FERREIRA, ficou-nos reafirmada a dupla certeza, daimportância da Marinha para o Brasil, e daimportância da SOAMAR para a Marinha !

Mais uma vez os abraços apertados dos velhos companheiros, é a nossa 22ª Convenção Nacional. … sorrisos, recordações … o contentamento de todos em estar juntos, na tradicional e histórica Escola de Aprendizes Marinheiros de SC – EAMSC. À entrada, diante da Sala de Estado, o busto do Imperial Marinheiro recorda a epopéia de Marcilio Dias. A seu lado, o timão do CT Santa Catarina, integrante da DNOG na 1ª. Guerra Mundial. Muitas placas, antigas turmas de marinheiros, atestando as inumeras missoes cumpridas sob a bandeira nacional tremulando em tantos navios e OMs.  Após mais de 150 anos novos desafios se manifestam.

A solenidade de abertura vai começando, as estrofes do Hino Nacional Brasileiro sobem aos céus, as flâmulas tremulam ao vento, os alunos perfilados, a marcialidade dos pelotões; nos rostos de cada um daqueles rapazes vemos sua determinação e garra.

Corre entre eles uma lenda…  em dias de festa, quando os ultimos raios de sol se desvanecem, as sentinelas já não estão exatamente sozinhas… há mais alguem nas proximidades dos antigos navios de pedra, e do cais pouco iluminado ….

Antigos marinheiros … vindo visitar a velha Escola… estão por ali aguardando a hora. No mar, os espíritos dos que partiram durante a batalha sobrepairam diafanamente. Eles se manifestam. Tentam nos enviar uma mensagem, reforçando que seu sacrifício não tenha sido em vão, seja um velho homem do mar, solitário, sentado a beira do cais…  seja alguma embarcação que reaparece, a tripulação acenando ao longe …

Quem sabe o próprio Imperial Marinheiro, que aos 27 anos tombou durante a Batalha Naval do Riachuelo, defendendo a bandeira do Brasil, hasteada na Canhoneira Parnahyba naquele distante 11 de junho de 1865.

Marcílio Dias, filho caçula de uma humilde lavadeira de Rio Grande, o mais famoso marinheiro da História do Brasil, negro, patriota, guerreiro, herói brasileiro que jamais teve uma lápide, eis que as águas do Paraná lhe serviram de túmulo.

Vale a pena ser um Amigo da Marinha, tornar-se um SOAMARino. Continuamos unidos, pelas mesmas nobres causas,  pelos mesmos ideais de Maximiano da Fonseca, sempre tendo em mente os eternos Sinais de Barroso.

Dentro de dois anos, mais uma vez estaremos juntos, desta vez em São Luiz, para onde convergiremos do Norte e do Sul, da Amazônia e da Caatinga, da Montanha e do Pantanal, de todos os recantos onde existe uma SOAMAR partiremos, para mais uma vez reafirmar a nossa nobre missão, estreitando os laços de amizade que nos unem à Marinha do Brasil, ontem como hoje garantindo a defesa e a soberania nacional.

(*)1º. Diretor de Divulgação

Sociedade dos Amigos da Marinha do Rio de Janeiro

www.soamar-rio.com.br

iblajberg@poli.ufrj.br